No dia 26 de fevereiro do corrente ano, o Seminário São João Maria Vianney (Campina Grande) deu início a mais um semestre, voltando às atividades junto aos seminaristas que residem na casa de formação, onde 25 destes são oriundos da Diocese de Guarabira.

A abertura do ano letivo se deu com uma Missa celebrada pelo Reverendíssimo Bispo de Campina Grande, Dom Dulcênio Fontes de Matos, que em suas palavras na homilia, por ocasião da abertura dos trabalhos acadêmicos, exaltou o valor e o compromisso do seminarista para com sua formação. Um olhar para um futuro esperançoso, o valor e amor pela sua vocação que são características propensas a um bom caminho no seguimento do Bom Pastor e ouvir a voz de Deus para deixar-se moldar por Ele na caminhada vocacional.

Nesta Celebração estiveram presentes os Padres formadores desta casa, a saber: o Reitor, Pe. José Aldevam e o Vice-reitor o Pe. Leandro Márcio, além de mais alguns Padres da Diocese de Campina Grande.  Estiveram também o Pe. Daniel Lima, atual Reitor do Propedêutico da Diocese de Guarabira, o Pe. Kleber Rodrigues Vice-Reitor e o Pe. Joanderson Lira, Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Livramento na cidade de Bananeiras.

As palavras do Bispo somadas às do Pe. Luís Júnior (Vigário Geral da Arquidiocese da Paraíba) pregador do Retiro espiritual que aconteceu dias antes da abertura dos trabalhos, fizeram com que os seminaristas recordassem o compromisso com a atuação e zelo para com o AMOR PRIMEIRO de suas vocações. Além do mais meditaram e refletiram acerca da espiritualidade do Sacerdote diocesano que, em vista das situações atuais, devem ter A SANTIDADE como o objetivo final de uma vida unida a Deus.

Robson da Silva Araújo

2° ano de teologia

COMPARTILHAR