Imagem ilustrativa – Internet

1º CÍRCULO (Lucas 10, 1-12.17-20)

Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira. (Salmo 65/66)

  • ACOLHIDA 
  1. Um canto inicial
  2. Criar um bom ambiente. Dar as boas-vindas. Colocar as pessoas à vontade.
  3. Apresentar brevemente o assunto que vai ser refletido, meditado e rezado neste encontro.
  4. Invocar a luz do Espírito Santo. 

2 –  CHAVE DE LEITURA 

Dirigente: A liturgia do 14º domingo do Tempo Comum apresenta o texto de Lc 10,1-12.17-20 no qual Jesus envia outros 72 discípulos à sua frente por todos os lugares onde Ele mesmo iria passar.

O texto está no contexto do caminho que Jesus empreendeu para Jerusalém (9,51 a 19,28). Ele toma a atitude do Servo que endurece sua face (cf. Is 50,7), envia seus mensageiros para prepararem o advento dos tempos novos. Em Jerusalém, Jesus irá dar a vida para a libertação de todos. O evangelista ocupa 10 capítulos para descrever este caminho da Galileia a Jerusalém. Durante o caminho, Jesus solicita a colaboração dos discípulos para o anúncio do Reino, e as pessoas vão fazendo suas escolhas, se definindo a favor ou contra o processo de libertação, aderindo a Jesus ou ao grupo que o rejeita e o mata. O julgamento acontece dentro da história, na caminhada da humanidade e não fora dela.

3 –   MEDITAR A PALAVRA DE DEUS.

Dirigente: Vamos ouvir a Palavra de Deus. A leitura do texto da Bíblia é um momento solene. É Deus quem nos dirige a palavra. Por isso, vamos abrir o coração para Ele, entoando um canto de aclamação. 

4- LEITURA DO TEXTO DA BÍBLIA:   Lucas 10, 1-12.17-20)

– Momento de silêncio para a Palavra de Deus poder calar em nós.

5- VIVENDO A PALAVRA 

Dirigente: Identifique que tipo de discípulos Jesus quer e envia. São pessoas de oração, como o próprio Jesus, que, com frequência está em oração e convida os discípulos e discípulas a rezarem, pois, a “messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, pedi ao dono da messe que mande trabalhadores para a colheita” (v. 2). Depois os envia em missão “como cordeiros para o meio de lobos” (v. 3). 

PERGUNTAS QUE NOS AJUDAM A INTERPRETAR A VIDA E A BÍBLIA

  • O que o texto está dizendo?
  • O que o texto diz para nós?
  • O que o texto nos faz dizer a Deus? 

6-  CONTEMPLAR: OLHAR A VIDA COMO DEUS OLHA 

Dirigente:  O evangelho proclamado meditado nos mostra que o Reino é feito para todos. Ninguém deve fica de fora, todos são convocados a tomar parte na missão de anunciar Jesus, aquele que traz para dentro da história o projeto de Deus. Estes são convidados a anunciar Jesus e não a si próprios. 

7-  PRECES: (espontâneas) 

Dirigente: Vamos colocar em forma de prece o que refletimos sobre o evangelho e sobre a nossa vida.

Resposta: Escutai-nos, ó Senhor.

VAMOS REZAR A ORAÇÃO DO SENHOR

Pai nosso

Ave Maria

8- BÊNÇÃO BÍBLICA 

Dirigente:  Invoquemos, com confiança, a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm 6,24-27). 

COMPROMISSO DA SEMANA

  1. Anotar o texto que será estudado no próximo encontro.
  2. Distribuir as várias tarefas da acolhida e da leitura do próximo encontro.
  3. Marcar data e local da próxima reunião do grupo

2º CÍRCULO (Lucas 10, 25-37)

Contemplarei, justificado, a vossa face; e serei saciado quando se manifestar a vossa glória. (Salmo 16,15) 

1-  ACOLHIDA 

  1. Um canto inicial
  2. Criar um bom ambiente. Dar as boas-vindas. Colocar as pessoas à vontade.
  3. Apresentar brevemente o assunto que vai ser refletido, meditado e rezado neste encontro.
  4. Invocar a luz do Espírito Santo. 

2 –  CHAVE DE LEITURA 

Dirigente:  O evangelho de hoje traz a tão conhecida parábola do Bom Samaritano. Toda vez que Jesus tem uma coisa importante para comunicar, ele conta uma história, faz uma parábola, uma comparação, para ajudar as pessoas a pensar e a descobrir a mensagem. Meditar uma parábola é o mesmo que aprofundar a vida, a fim de descobrir dentro dela os apelos de Deus.  

3 –   MEDITAR A PALAVRA DE DEUS.

Dirigente: Vamos ouvir a Palavra de Deus. A leitura do texto da Bíblia é um momento solene. É Deus quem nos dirige a palavra. Por isso, vamos abrir o coração para Ele, entoando um canto de aclamação. 

4- LEITURA DO TEXTO DA BÍBLIA: (Lucas 10, 25-37)

– Momento de silêncio para a Palavra de Deus poder calar em nós.

5- VIVENDO A PALAVRA 

Dirigente:Um doutor, conhecedor da lei, quer provocar Jesus e pergunta: “O que devo fazer para herdar a vida eterna?” O doutor acha que deve fazer algo para poder herdar. Ele quer garantir a herança pelo seu próprio esforço. Mas uma herança não se merece. Herança a gente recebe, pelo fato de ser filho ou filha. Como filhos e filhas não podemos fazer nada para merecer a herança. Podemos é perdê-la!

PERGUNTAS QUE NOS AJUDAM A INTERPRETAR A VIDA E A BÍBLIA

  • O que o texto está dizendo?
  • O que o texto diz para nós?
  • O que o texto nos faz dizer a Deus? 

6-  CONTEMPLAR: OLHAR A VIDA COMO DEUS OLHA 

Dirigente: A raiz da solidariedadeJesus disse que os dois mandamentos do amor a Deus e do amorao próximo são o resumo de toda a lei e dos profetas (Mt 22,40). De fato, se Deus é Pai, todos nós temos que ser irmão e irmã uns dos outros. Aí, já não é possível amar a Deus sem amar o próximo. Deus vem a nós no próximo. Jesus não só ensinava que Deus é Pai de todos, mas ele se colocava do lado daqueles que, em nome da lei de Deus, eram excluídos da participação na comunidade. Ele os acolhia na sua comunidade. Jesus era a encarnação daquilo que ensinava, e os pobres o percebiam e se alegravam.

Dirigente: Vamos colocar em forma de prece o que refletimos sobre o evangelho e sobre a nossa vida.

Resposta: Senhor da vida, ouvi vosso povo!. 

VAMOS REZAR A ORAÇÃO DO SENHOR

Pai nosso

Ave Maria

8- BÊNÇÃO BÍBLICA 

Dirigente:  Invoquemos, com confiança, a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm 6,24-27). 

COMPROMISSO DA SEMANA

  1. Anotar o texto que será estudado no próximo encontro.
  2. Distribuir as várias tarefas da acolhida e da leitura do próximo encontro.
  3. Marcar data e local da próxima reunião do grupo

3º CÍRCULO (Lucas 10, 38-42)

Senhor, quem morará em vossa casa?. (Salmo 14/15) 

  • ACOLHIDA 
  1. Um canto inicial
  2. Criar um bom ambiente. Dar as boas-vindas. Colocar as pessoas à vontade.
  3. Apresentar brevemente o assunto que vai ser refletido, meditado e rezado neste encontro.
  4. Invocar a luz do Espírito Santo. 

2 –  CHAVE DE LEITURA 

O Evangelho de hoje frisa muito o lado afetivo de Jesus e dos seus discípulos e discípulas.  Jesus se dirige à casa de uma família em Betânia, perto de Jerusalém.  Era o lugar predileto onde Jesus procurava – e recebia – aconchego humano, carinho, afeto, amizade, acolhimento; onde podia refazer as suas forças durante as suas caminhadas evangelizadoras.  

3 –   MEDITAR A PALAVRA DE DEUS.

Dirigente: Vamos ouvir a Palavra de Deus. A leitura do texto da Bíblia é um momento solene. É Deus quem nos dirige a palavra. Por isso, vamos abrir o coração para Ele, entoando um canto de aclamação. 

4- LEITURA DO TEXTO DA BÍBLIA:   Lucas 10, 25-37)

– Momento de silêncio para a Palavra de Deus poder calar em nós.

5- VIVENDO A PALAVRA 

Dirigente:Marta e Maria acolhem Jesus na sua casa, abrem as portas de sua vida para que ele entre e fique com elas. Pensamos nos refugiados que saíram de seus países procurando um destino melhor e atravessando situações de morte, mas eles procuram alguém que os receba, que os acolha. 

PERGUNTAS QUE NOS AJUDAM A INTERPRETAR A VIDA E A BÍBLIA

  • O que o texto está dizendo?
  • O que o texto diz para nós?
  • O que o texto nos faz dizer a Deus? 

6-  CONTEMPLAR: OLHAR A VIDA COMO DEUS OLHA

Dirigente: Marta e Maria, duas partes de uma só. Afinal somos um pouco de Marta e Maria. O Caminho de Jesus passa pela minha “casa”. Tenho a preocupação de acolher Jesus, de lhe abrir a porta do meu coração?Crio condições para ouvir (escutar) Jesus?

Dirigente: Vamos colocar em forma de prece o que refletimos sobre o evangelho e sobre a nossa vida.

Resposta: Senhor, escutai a nossa prece 

VAMOS REZAR A ORAÇÃO DO SENHOR

Pai nosso

Ave Maria

8- BÊNÇÃO BÍBLICA 

Dirigente:  invoquemos, com confiança, a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm 6,24-27). 

COMPROMISSO DA SEMANA

  1. Anotar o texto que será estudado no próximo encontro.
  2. Distribuir as várias tarefas da acolhida e da leitura do próximo encontro.
  3. Marcar data e local da próxima reunião do grupo

4º CÍRCULO (Lucas 11,1-13)

Ó Senhor, de coração eu vos dou graças, porque ouvistes as palavras dos meus lábios!(Salmo 137/138)

1-  ACOLHIDA

  1. Um canto inicial
  2. Criar um bom ambiente. Dar as boas-vindas. Colocar as pessoas à vontade.
  3. Apresentar brevemente o assunto que vai ser refletido, meditado e rezado neste encontro.
  4. Invocar a luz do Espírito Santo. 

2 –  CHAVE DE LEITURA 

Dirigente:O evangelho de hoje nos traz o ensinamento da Oração do Senhor, na versão Lucana.  O Novo Testamento nos traz duas versões desta oração – a única oração que o Senhor nos ensinou: Lucas 11,2-4 e Mateus 6,9-13.  Normalmente os cristãos rezam na forma mateana, com sete petições e sem doxologia (oração de louvor).

3 –   MEDITAR A PALAVRA DE DEUS.

Dirigente: Vamos ouvir a Palavra de Deus. A leitura do texto da Bíblia é um momento solene. É Deus quem nos dirige a palavra. Por isso, vamos abrir o coração para Ele, entoando um canto de aclamação. 

4- LEITURA DO TEXTO DA BÍBLIA: (Lucas 11,1-13)

– Momento de silêncio para a Palavra de Deus poder calar em nós.

5- VIVENDO A PALAVRA 

Dirigente:O tema central da pregação de Jesus era anunciar o Reino de Deus.  Se o “nome” de Deus se refere à sua natureza íntima, o “Reino” se refere à sua atividade.  Pedimos aqui a consumação final do Reino.  É a oração da comunidade que reconhece a presença do Reino, mas sente que ainda não é estabelecido definitivamente entre nós.

PERGUNTAS QUE NOS AJUDAM A INTERPRETAR A VIDA E A BÍBLIA

  • O que o texto está dizendo?
  • O que o texto diz para nós?
  • O que o texto nos faz dizer a Deus? 

6-  CONTEMPLAR: OLHAR A VIDA COMO DEUS OLHA 

Dirigente: Jesus é uma pessoa de profunda oração. Ele rezava muito, seja em momentos decisivos de sua vida, seja no cotidiano. Estava sempre em busca de comunhão com o Pai. Nessa intimidade filial, estava o segredo de sua missão.

Dirigente: Vamos colocar em forma de prece o que refletimos sobre o evangelho e sobre a nossa vida.

Resposta: Senhor, escutai a nossa prece 

VAMOS REZAR A ORAÇÃO DO SENHOR

Pai nosso

Ave Maria

8- BÊNÇÃO BÍBLICA 

Dirigente:  invoquemos, com confiança, a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm 6,24-27). 

COMPROMISSO DA SEMANA 

  1. Anotar o texto que será estudado no próximo encontro.
  2. Distribuir as várias tarefas da acolhida e da leitura do próximo encontro.
  3. Marcar data e local da próxima reunião do grupo
COMPARTILHAR