1º CÍRCULO – LUCAS 4, 21-30

Javé, eu me abrigo em ti: que eu nunca

fique envergonhado!

(Salmo 70/71)

  1. Preparação do ambiente: Colocar em destaque a Bíblia, vela acesa, frases do evangelho do dia. 
  1. Canto para motivar a participação das pessoas.
  2. Acolhida: Valorizar as pessoas da casa ou do grupo.
  3. Invocação da força da luz do Espírito Santo.

Espírito Santo, tu que vieste do Pai, e que permaneceste conosco, em Jesus, tu que habitas, pela fé, nos nossos corações, abre-nos à Palavra!

Seja a nossa inteligência e a nossa vontade, terreno bom, onde tu possas trabalhar com liberdade, de modo que a nossa vida seja sinal eloquente da tua caridade. Amém.

Dirigente: Vamos fazer a recordação da vida ou revisão do dia, olhar de perto as coisas da nossa vida.

  1. Chave de leitura

Dirigente: No Evangelho de Domingo passado, desenvolveu-se o tema, falando dos pobres, dos oprimidos, das bem-aventuranças, da alegria de receber a novidade do Reino, e de anunciar a Palavra de Deus.

Leitor 1.  Hoje na continuação do texto, vemos que existem aqueles que recebem com alegria e fé, a Palavra de Deus, outros que recebem a “Boa Nova,” com aversão, ao Filho de Deus.

  1. Escutar a Palavra de Deus, que traz luz para a vida.
  1. a) Canto de aclamação: a critério.
  2. b) Leitura do texto: Lucas 4, 21-30 (o que diz o texto)?
  3. c) Momento de silêncio: Interiorização da leitura.
  1. Vamos observar as pessoas, palavras, relações, o lugar onde acontece o fato e refletir:
  2. O que o texto diz para nós, hoje?
  3. O que o texto nos leva a dizer a Deus?
  4. Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
  1. Rezar a Palavra de Deus para transformá-la em vida. 

Dirigente: Com toda confiança, elevemos ao Senhor nossas preces.

Preces: (espontâneas)

Resposta: Senhor, atendei a nossa prece!

  1. Vamos rezar o Salmo 70/71 – na Bíblia.
  2. Oração: Pai nosso
  3. Ave Maria

Bênção Bíblica: Invoquemos com confiança a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm. 6, 24-27). 

2º CÍRCULO – LUCAS 5,1-11

Ó Senhor, de coração eu vos dou graças, porque

ouvistes as palavras dos meus lábios”!

(Salmo 137/138)

  1. Preparação do ambiente: Colocar em destaque a Bíblia, vela acesa, a fase: Avance para águas mais profundas. 
  1. Canto para motivar a participação das pessoas.
  2. Acolhida: Valorizar as pessoas da casa ou do grupo.
  3. Invocação da força da luz do Espírito Santo.

Espírito Santo, tu que vieste do Pai, e que permaneceste conosco, em Jesus, tu que habitas, pela fé, nos nossos corações, abre-nos à Palavra!

Seja a nossa inteligência e a nossa vontade, terreno bom, onde tu possas trabalhar com liberdade, de modo que a nossa vida seja sinal eloquente da tua caridade. Amém.

Dirigente: Vamos fazer a recordação da vida ou revisão do dia, olhar de perto as coisas da nossa vida.

  1. Chave de leitura

Lucas apresenta o chamado dos primeiros discípulos,antecedido por um ato de pregação da palavra feito por Jesus. A barca que servira para Simão (Pedro) e os companheiros pescarem é agora usada por Jesus para sua pregação à multidão. E é na adesão a esta palavra que se obtém bons resultados imprevisíveis, como mostra a pescaria abundante.

Jesus entra na barca de Pedro. Entra também na minha “barca”. Qual é ela?

Como me encontro nesta missão?

  1. Escutar a Palavra de Deus, que traz luz para a vida.
  1. a) Canto de aclamação: a critério.
  2. b) Leitura do texto: Lucas 5,1-11 (o que diz o texto)?
  3. c) Momento de silêncio: Interiorização da leitura.
  1. Vamos observar as pessoas, palavras, relações, o lugar onde acontece o fato e refletir: 
  1. O que o texto diz para nós, hoje?
  2. O que o texto nos leva a dizer a Deus?
  3. Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
  1. Rezar a Palavra de Deus para transformá-la em vida. 

Dirigente: Com toda confiança, elevemos ao Senhor nossas preces.

Preces: (espontâneas)

Resposta: Senhor, atendei a nossa prece!

  1. Vamos rezar o Salmo 137/138 na Bíblia.
  1. Oração: Pai nosso
  2. Ave Maria

Bênção Bíblica: Invoquemos com confiança a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm. 6, 24-27). 

3º CÍRCULO – LUCAS 6, 17.20-26

“Senhor Jesus, faze-me sempre trilhar o caminho

das  bem-aventuranças, colocando toda minha vida

e minha esperança nas mãos do Pai”. 

  1. Preparação do ambiente: Colocar em destaque a Bíblia, vela acesa, frases do evangelho do dia. 
  1. Canto para motivar a participação das pessoas.
  2. Acolhida: Valorizar as pessoas da casa ou do grupo.
  3. Invocação da força da luz do Espírito Santo.

Espírito Santo, tu que vieste do Pai, e que permaneceste conosco, em Jesus, tu que habitas, pela fé, nos nossos corações, abre-nos à Palavra!

Seja a nossa inteligência e a nossa vontade, terreno bom, onde tu possas trabalhar com liberdade, de modo que a nossa vida seja sinal eloquente da tua caridade. Amém.

Dirigente: Vamos fazer a recordação da vida ou revisão do dia, olhar de perto as coisas da nossa vida.

  1. Chave de leitura

As bem-aventuranças são um estado particular de felicidade decorrente da comunhão com Deus, que por elas se alcança. Jesus revela que Deus vem ao encontro daqueles que são pobres, que passam fome, que estão chorando e que são vítimas das perseguições dos poderosos que rejeitam a libertação e a vida que Jesus veio comunicar a todos.

  1. Escutar a Palavra de Deus, que traz luz para a vida.
  1. a) Canto de aclamação: a critério.
  2. b) Leitura do texto: Lucas 6, 17, 20-26 (o que diz o texto)?
  3. c) Momento de silêncio: Interiorização da leitura.
  1. Vamos observar as pessoas, palavras, relações, o lugar onde acontece o fato e refletir: 
  1. O que o texto diz para nós, hoje?
  2. O que o texto nos leva a dizer a Deus?
  3. Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
  4. O meu Projeto de vida é o do Mestre Jesus Cristo?
  1. Rezar a Palavra de Deus para transformá-la em vida.

Dirigente: Com toda confiança, elevemos ao Senhor nossas preces.

Preces: (espontâneas)

Resposta: Senhor, atendei a nossa prece!

  1. Vamos rezar o Salmo 1 na Bíblia.
  1. Oração: Pai nosso
  2. Ave Maria

Bênção Bíblica: Invoquemos com confiança a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm. 6, 24-27).

4º CÍRCULO – LUCAS 6, 27-38

Bendiga a Javé, ó minha alma,

e todo o meu serão seu nome santo!

(Salmo 102103)

  1. Preparação do ambiente: Colocar em destaque a Bíblia, vela acesa, frases do evangelho do dia. 
  1. Canto para motivar a participação das pessoas.
  2. Acolhida: Valorizar as pessoas da casa ou do grupo.
  3. Invocação da força da luz do Espírito Santo.

Espírito Santo, tu que vieste do Pai, e que permaneceste conosco, em Jesus, tu que habitas, pela fé, nos nossos corações, abre-nos à Palavra!

Seja a nossa inteligência e a nossa vontade, terreno bom, onde tu possas trabalhar com liberdade, de modo que a nossa vida seja sinal eloquente da tua caridade. Amém.

Dirigente: Vamos fazer a recordação da vida ou revisão do dia, olhar de perto as coisas da nossa vida.

  1. Chave de leitura

Dirigente:O amor misericordioso de Deus, revelado em Jesus e comunicado a todos nós, é a grande novidade do Reino. A sentença: “Assim como desejais que os outros vos tratem, tratai-os do mesmo modo”, conforme o evangelho de Mateus, é o resumo da Lei e dos Profetas.

Leitor 1.Em Lucas, o ‘Sermão da Planície’ se aproxima do ‘Sermão da Montanha’ de Mateus. Hoje, mergulhamos na sua região mais profunda: o perdão aos adversários, o amor aos diferentes, a oração pelos inimigos. E a Lei do Amor é definida: “O que vocês desejam que os outros lhes façam, também vocês devem fazer a eles.”

  1. Escutar a Palavra de Deus, que traz luz para a vida.
  1. a) Canto de aclamação: a critério.
  2. b) Leitura do texto: Lucas 6, 27-38 (o que diz o texto)?
  3. c) Momento de silêncio: Interiorização da leitura.

 

  1. Vamos observar onde Jesus fala das relações fraternas do cristão

e refletir:

  1. O que o texto diz para nós, hoje?
  2. O que o texto nos leva a dizer a Deus?
  3. Qual meu novo olhar a partir da Palavra?

 

  1. Rezar a Palavra de Deus para transformá-la em vida.

Dirigente: Com toda confiança, elevemos ao Senhor nossas preces.

Preces: (espontâneas)

Resposta: Senhor, atendei a nossa prece!

  1. Vamos rezar o Salmo 103/102 na Bíblia.

 

  1. Oração: Pai nosso
  2. Ave Maria

Bênção Bíblica: Invoquemos com confiança a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm. 6, 24-27).

COMPARTILHAR