Neste mês de outubro faremos os círculos bíblicos, a partir dos quatro Pilares das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019-2023, a saber:

1°) Pilar: a Palavra: Iniciação à Vida Cristã e Animação Bíblica da Vida e da Pastoral.

2°) Pilar: o Pão: Liturgia e Espiritualidade.

3°) Pilar: a Caridade: serviço à vida plena.

4°) Pilar: a Ação Missionária: estado permanente de Missão

Dirigente: Nestes cinco encontros –  Círculos Bíblicos – faremos o caminho de Jesus com os discípulos de Emaús. O Caminho dos Discípulos de Emaús com Jesus é um caminho catequético que se inicia com as dificuldades da vida (“Por que estão tristes? ”). Na sequência, entra a Palavra de Deus e finaliza-se com a Eucaristia. É um caminho catequético, em que temos como centro a Palavra de Deus na vida dos discípulos de Emaús e em nossa vida hoje. “No Caminho da experiência de fé, é Deus quem toma a iniciativa de comunicar seu desígnio salvífico de amor. Todo esse processo de iniciação à vida cristã supõe um encontro pessoal e comunitário com Jesus Cristo” (DGAE, 88).

1º CÍRCULO BÍBLICO – PILAR DA PALAVRA

“Eles eram perseverantes no ensinamento dos apóstolos”. (At 2,42)

  1. Preparação do ambiente: Colocar em destaque a Bíblia, vela acesa, frases bíblicas. 
  1. Canto para motivar a participação das pessoas.
  2. Acolhida: Valorizar as pessoas da casa ou do grupo.
  3. Invocação da força da luz do Espírito Santo.
  1. Chave de leitura

Dirigente:  A chave da interpretação para a compreensão da vida e das Escrituras é o Senhor Ressuscitado. Ele anda ao nosso lado, como um estrangeiro ou desconhecido. Mas para reconhecê-Lo é preciso, antes, estar no caminho como discípulo; depois, deixar-se guiar por Ele na releitura da Palavra de Deus. “Iniciação à Vida Cristã e Palavra de Deus estão intimamente ligadas: uma não pode viver sem a outra” (DGAE, 88).

Leitor 1. Vamos ouvir a Palavra de Deus. A leitura do texto da Bíblia é um momento solene. É Deus quem nos dirige a palavra. Por isso, vamos abrir o coração para Ele, entoando um canto de aclamação. 

  1. a) Canto de aclamação: a critério.
  2. b) Leitura do texto: Lc 24, 13-27
  3. c) Momento de silêncio: Interiorização da leitura
  1. REFLETINDO E PARTILHANDO A PALAVRA

Dirigente: Após ouvir a Palavra  de  Deus, vamos refletir  sobre a vida dos  dois  discípulos de Emaús na volta para casa, abandonando a missão. Entendendo que “não basta ler ou estudar a Sagrada Escritura, pois a ‘inteligência das Escrituras’ exige, mais do que estudo, a intimidade com Cristo e na oração” (VD, n. 86).

Leitor 1. “O Senhor está no meio de nós”.

  1. Como percebemos e sentimos a presença do Cristo em nossa vida cristã?
  2. Quando o coração sofre, quando está frio, busco o calor da Palavra e sento-me à mesa com Jesus? Convido-o para estar comigo? Percebo na pessoa que caminha a meu lado o ritmo do andar de Jesus Ressuscitado?
  3. CELEBRAR A VIDA EM COMUNIDADE (Preces)

Preces: O que o texto nos faz dizer a Deus? Colocar em forma de prece tudo aquilo que refletimos sobre o evangelho e sobre a nossa vida. Como refrão, após cada prece, cantemos: Senhor atendei, atendei nossa prece.

Pai Nosso

Ave Maria

  1. Bênção BÍBLICA: Invoquemos com confiança, a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm 6,24-27).

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!

 

2º CÍRCULO BÍBLICO – PILAR DO PÃO

Ele entrou para ficar com eles. Depois que se sentou à mesa com eles, tomou o pão, pronunciou a bênção e, depois de o partir, deu-o a eles. Neste momento, seus olhos se abriram, e eles o reconheceram” (Lc 24, 29-31)

  1. Preparação do ambiente: Colocar em destaque a Bíblia, vela acesa, frases Bíblicas. 
  1. Canto para motivar a participação das pessoas.
  2. Acolhida: Valorizar as pessoas da casa ou do grupo.
  3. Invocação da força da luz do Espírito Santo.
  1. Chave de leitura

Dirigente:  Entre os primeiros cristãos, a experiência da Igreja na casa implicava um conjunto de relações para além dos laços tradicionais… Garantia um senso de pertença à família do povo de Deus. Existia uma reciprocidade que se caracterizava pela solidariedade e acolhida de todos. O estilo de vida do cristão não tinha como finalidade o isolamento, mas a responsabilidade de favorecer um testemunho capaz de atrair outras pessoas.

Leitor 1. Vamos ouvir a Palavra de Deus. A leitura do texto da Bíblia é um momento solene. É Deus quem nos dirige a palavra. Por isso, vamos abrir o coração para Ele, entoando um canto de aclamação. 

  1. a) Canto de aclamação: a critério.
  2. b) Leitura do texto: 24, 30-32
  3. c) Momento de silêncio: Interiorização da leitura
  1. REFLETINDO E PARTILHANDO A PALAVRA

Dirigente: Como percebo a minha primeira Igreja, a casa, a Igreja Doméstica? Sinto nela a vida de uma verdadeira comunidade de fé?

  1. A minha vida é sustentada pela oração?
  2. Tenho tempo forte de oração pessoal?
  3. Como vejo a minha segunda Igreja, a comunidade?
  4. Vejo-a servidora, samaritana, pobre com os pobres?
  5. O que cada um de nós, como membros desta Casa, estamos colaborando para que seja um lugar de perdão e misericórdia?
  1. CELEBRAR A VIDA EM COMUNIDADE (Preces) 

Dirigente: O que o texto nos faz dizer a Deus? Colocar em forma de prece tudo aquilo que refletimos sobre o evangelho e sobre a nossa vida. Como refrão, após cada prece, cantemos: Senhor atendei, atendei nossa prece.

Pai Nosso

Ave Maria

  1. Bênção BÍBLICA: Invoquemos com confiança, a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm 6,24-27).

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!

     Todos (as): Para sempre seja louvado!

 

3º CIRCULO BÍBLICO – PILAR DA CARIDADE 

“Fica conosco, Senhor, pois é tarde e o dia está terminando”. (Lc. 24,29) 

  1. Preparação do ambiente: Colocar em destaque a Bíblia, vela acesa, frases Bíblicas. 
  1. Canto para motivar a participação das pessoas.
  2. Acolhida: Valorizar as pessoas da casa ou do grupo.
  3. Invocação da força da luz do Espírito Santo. 
  1. Chave de leitura

Dirigente: Hoje iniciaremos nosso Terceiro Círculo Bíblico. Continuando nossa caminhada com Jesus e os discípulos de Emaús, buscaremos compreender que sentar à mesa com o Cristo e comungar do Seu Corpo e Sangue é comprometer-se seriamente em exercer a Caridade para com o próximo.

Leitor1. Vamos ouvir a Palavra de Deus. A leitura do texto da Bíblia é um momento solene. É Deus quem nos dirige a palavra. Por isso, vamos abrir o coração para Ele, entoando um canto de aclamação. 

  1. a) Canto de aclamação: a critério.
  2. b) Leitura do texto: 24, 28-30
  3. c) Momento de silêncio: Interiorização da leitura
  1. REFLETINDO E PARTILHANDO A PALAVRA

Dirigente: “ A Caridade se expressa no empenho e atuação política dos cristãos e das comunidades eclesiais. “A caridade deve animar a existência inteira dos fiéis leigos e, consequentemente, também a sua atividade política vivida como ‘caridade social.” (DCE, n.29 / DGAE n.107)

  1. Que situações encontramos diariamente e que ferem a Caridade?
  2. Sendo Igreja, como podemos nos empenhar diante das situações de miséria, desemprego, drogas, e tanta violência que nos afligem?
  3. Como comunidade, o que podemos realizar em relação à ecologia integral?
  1. CELEBRAR A VIDA EM COMUNIDADE (Preces) 

Dirigente: O que o texto nos faz dizer a Deus? Colocar em forma de prece tudo aquilo que refletimos sobre o evangelho e sobre a nossa vida. Como refrão, após cada prece, cantemos: Senhor atendei, atendei nossa prece.

Pai Nosso

Ave Maria

  1. Bênção BÍBLICA: Invoquemos com confiança, a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm 6,24-27).

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!

    Todos (as): Para sempre seja louvado!

 

4º CIRCULO BÍBLICO – AÇÃO MISSIONÁRIA 

“Então os dois contaram o que havia acontecido no caminho, como o tinham reconhecido ao partir o pão”. (Lc. 24,35). 

  1. Preparação do ambiente: Colocar em destaque a Bíblia, vela acesa, frases Bíblicas. 
  1. Canto para motivar a participação das pessoas.
  2. Acolhida: Valorizar as pessoas da casa ou do grupo.
  3. Invocação da força da luz do Espírito Santo. 
  1. Chave de leitura

Dirigente: Estamos iniciando o nosso quarto Círculo Bíblico, com o tema da “Ação Missionária”, para nos ajudar a entender melhor e a discernir a vontade de Deus na nossa vida pessoal e comunitária, através da sua Palavra. Continuando a caminhada com Jesus e os Discípulos de Emaús, vamos ver que “o modelo para a nossa ação é, e sempre será, a comunidade dos primeiros cristãos, perseverantes na escuta dos apóstolos na comunhão fraterna, na partilha do pão, nas orações e na missão (At 2,42-43).

Leitor 1. Vamos ouvir a Palavra de Deus. A leitura do texto da Bíblia é um momento solene. É Deus quem nos dirige a palavra. Por isso, vamos abrir o coração para Ele, entoando um canto de aclamação. 

  1. a) Canto de aclamação: a critério.
  2. b) Leitura do texto: 24,28-35
  3. c) Momento de silêncio: Interiorização da leitura

REFLETINDO E PARTILHANDO A PALAVRA 

Dirigente: Os Discípulos de Emaús, que são o símbolo da Comunidade dos Discípulos Missionários, alimentados pelo Pão, pela Palavra, pela Caridade, não conseguem guardar para si a extraordinária experiência que transformou a vida desiludida em esperança, o medo em ousadia, a descrença em anúncio.

  1. Estamos sendo verdadeiras comunidades de discípulos missionários na nossa comunidade?
  2. Quais são os obstáculos, no caminho, que não nos deixam sair de dentro da nossa comunidade?
  3. Que realidades, ao nosso redor, estão a exigir de nós uma atenção especial como comunidade de cristãos?
  4. Quem são os mais necessitados, carentes de bens materiais ou de sentido de vida, que clamam por nossa ajuda?
  1. CELEBRAR A VIDA EM COMUNIDADE (Preces) 

Dirigente: O que o texto nos faz dizer a Deus? Colocar em forma de prece tudo aquilo que refletimos sobre o evangelho e sobre a nossa vida. Como refrão, após cada prece, cantemos: Senhor atendei, atendei nossa prece.

Pai Nosso

Ave Maria

  1. Bênção BÍBLICA: Invoquemos com confiança, a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm 6,24-27).

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!

    Todos (as): Para sempre seja louvado!

COMPARTILHAR