Foto: Pascom da Catedral

GUARABIRA (PB) – Com a Santa Missa da Ceia do Senhor, nesta Quinta-feira Santa (18), o bispo diocesano de Guarabira, Dom Aldemiro Sena, abriu o Tríduo Pascal. Ao recordar a Última Ceia de Jesus com os discípulos, celebrou-se também a instituição da Eucaristia. Além disso, ocorreu o rito do lava-pés, repetindo o gesto de Cristo que lavou os pés dos seus discípulos, deixando a todos um testemunho da vocação ao serviço do mundo e da Igreja.

Dom Aldemiro recordou que o Evangelho de São João é o único que nos relata este gesto simbólico de Jesus na Última Ceia e antecipa o sentido mais profundo do “sem-sentido” da cruz.

“Um gesto incomum para um Mestre, próprio dos escravos, converte-se na síntese de sua mensagem e dá aos apóstolos uma chave de leitura para enfrentar o que virá”, refletiu o bispo.

Para Dom Aldemiro em uma sociedade onde as atitudes defensivas e as expressões de autonomia se multiplicam, Jesus humilha nossa soberba e nos diz que abraçar a cruz, sua cruz, hoje, é estar a serviço dos outros. É a grandeza dos que sabem fazer-se pequenos, a morte que conduz à vida.

Pascom – Pastoral da Comunicação
Diocese de Guarabira

COMPARTILHAR