Dom Aldemiro Sena dos Santos, Bispo Diocesano de Guarabira, participa, nos dias 05 a 13 de setembro, do curso anual de formação promovido pela Igreja, em Roma, para bispos recém-ordenados. Na manhã deste sábado (08), dia em que a Igreja rememora a Natividade de Nossa Senhora, Dom Aldemiro, junto a outros bispos provindos de diversos países, participaram da Santa Missa na Basílica de Santa Maria Maggiore – Santa Maria Maior – em Roma, na Itália.

No decorrer dos dias de curso, as reflexões pautaram-se na exortação apostólica Evangelii Gaudium (em língua portuguesa: Alegria do Evangelho) e à luz das Sagradas Escrituras. O enfoque da formação está no papel do bispo na Igreja contemporânea: “Espero que todas as comunidades se esforcem por atuar os meios necessários para avançar no caminho duma conversão pastoral e missionária, que não pode deixar as coisas como estão. Neste momento, não nos serve uma ‘simples administração’. Constituamo-nos em ‘estado permanente de missão’, em todas as regiões da terra»” (Evangelii Gaudium 25).

Além de tópicos voltados à gestão diocesana, a dimensão espiritual do bispo também foi alvo de reflexões. Neste sentido, pelo prisma da mesma exortação, um bispo é, portanto, um evangelizador com Espírito, é um anunciador que se abre à ação do Espírito Santo e anuncia a novidade do Evangelho com ousadia.

Os aspectos da vida episcopal, assim como, o papel missionário que exerce o Bispo na Igreja, a dimensão social de seu serviço e os desafios da evangelização no mundo atual também foram abordados: “Todavia não podemos esquecer que a maior parte dos homens e mulheres do nosso tempo vive o seu dia a dia precariamente, com funestas consequências. Aumentam algumas doenças. O medo e o desespero apoderam-se do coração de inúmeras pessoas, mesmo nos chamados países ricos. A alegria de viver frequentemente se desvanece; crescem a falta de respeito e a violência, a desigualdade social torna-se cada vez mais patente” (Evangelii Gaudium 52).

São grandes os desafios que envolvem a igreja e, por conseguinte, o serviço de seus representantes. Por isso, a oração e o apoio de cada fiel são cruciais, para que os ministros ordenados atinjam seus objetivos de evangelização. Rezemos pelo nosso bispo, Dom Aldemiro, e pelos bispos de todo mundo, para que eles sejam sinais vivos da presença de Deus na vida de suas comunidades e para que sejam anunciadores da Boa Nova, movidos pelo Espírito Santo.

COMPARTILHAR