Aconteceu na manhã deste sábado, 13 de fevereiro, no lixão da cidade de Patos, Paraíba, a Celebração de Lançamento Oficial da Campanha da Fraternidade 2016 sob a coordenação do Regional Nordeste II da CNBB, composto por 21 diocese dos estados de Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. O tema central da Campanha neste ano é “Casa Comum, Nossa Responsabilidade” e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Am 5,24).

Dezenas de pessoas, representantes de diversas pastorais, movimentos religiosos, movimentos sociais, autoridades políticas, representantes da imprensa e trabalhadores(as) do lixão estiveram presentes na Celebração.

O bispo diocesano de Guarabira, dom Francisco de Assis Dantas de Lucena, esteve presente.

No início da Celebração, o Bispo da Diocese de Patos, Dom Eraldo Bispo da Silva, dirigiu uma palavra de acolhida e agradecimento a cada bispo e a todos os presentes. Dom Eraldo afirmou ser aquele um momento profético e que havia tomado a decisão de celebrar no lixão, a cada sexta-feira, durante toda a quaresma.

Em sua Homilia, o Bispo Dom Fernando Saburido, da Diocese de Olinda e Recife, fez um resgate histórico da Campanha da Fraternidade, ressaltando as suas motivações, desafios e resultados alcançados. Ele destacou a importância desta Campanha ser de Caráter Ecumênico e portanto abraçada por várias Igrejas Cristãs do Brasil. Dom Fernando ainda lembrou a preocupação do Papa Francisco com os temas relacionados ao Meio Ambiente e o seu apoio prestado ao atual tema da Campanha da Fraternidade.

Ao final da Celebração, o Padre Josenildo, Coordenado de Pastoral da Arquidiocese de Olinda e Recife, fez a leitura de uma Carta que trata das principais preocupações da Igreja no Regional NE II, entre elas a preocupação com o Meio –Ambiente e com os mais pobres e fragilizados da nossa sociedade.

O pastor João Francisco Isvael, representando o Conselho Nacional das Igrejas Cristãs na Paraíba (CONIC), usou da palavra e ressaltou a importância dessa vivência ecumênica da Campanha da Fraternidade, como espaço privilegiado de diálogo.

Dona Maria Nilma Gomes, presidente da Associação dos Catadores do Município de Patos (ASCAP), falou emocionada sobre a celebração e agradeceu ao empenho da Igreja em defender o Meio-Ambiente e valorizar o trabalho dos catadores e catadoras.

Vejas algumas imagens da celebração: 

Pascom de Patos

COMPARTILHAR