Como bem sabemos a Igreja, Corpo Místico de Cristo é formada por diversos membros, os quais com seus dons e carismas atuam no mundo e para o mundo, obedientes ao mandato de Jesus: “Ide por todo o mundo e anuncia o evangelho a todas as criaturas” (Mc 16,15). Todo o Povo de Deus se deu conta da importância que é viver o exemplo de Nosso Senhor Jesus Cristo a partir do que era descoberto na Palavra de Deus, que como já sabemos é em tudo cristocêntrica. Deste modo, nesta quinta feira dia 24 de Janeiro, o nosso Bispo Dom Aldemiro fez uma reunião com as Irmãs dos Pobres, que é um sociedade de vida apostólica diocesana fundada por Dom Marcelo, o primeiro Bispo desta diocese.

A finalidade do encontro era conhecer melhor e refletir acerca da natureza (identidade) da Fraternidade, e da experiência de cada uma delas. Bem como, pensar possíveis planos de organização das irmãs dos Pobres. Assim sendo, a luz do documento da Igreja Perfectae Caritatis sobre a renovação da vida religiosa, é necessário acentua a presença e atuação da vida religiosa na Igreja, principalmente na vivência dos conselhos evangélicos da pobreza, obediência e castidade.

Os princípios fundamentais que devem prescindir a renovação da vida religiosa, É o seguimento a Cristo enquanto regra suprema, a fidelidade dos institutos ao seu próprio espírito e a sua própria imagem, assegurar aos membros o conhecimento adequado das condições dos tempos e das necessidades da Igreja. Por estes motivos, devem ser revisadas as constituições, diretórios, livros, costumes e cerimonias, suprimindo tudo o que já não seja atual. Por fim, peçamos as bênçãos de Deus para as nossas Irmãs dos Pobres em sua missão de encarnar a santa Palavra de Jesus que nos diz: “Todas as vezes que vocês fizeram isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizeram” (Mt 25,40).

COMPARTILHAR