No último domingo, 19 de agosto, na Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, a Diocese de Guarabira realizou a II Romaria Diocesana da Família, no Santuário do Padre Ibiapina em Santa Fé. Esta peregrinação concluiu a semana voltada à família, reunindo uma multidão numerosa, composta por caravanas de todas as paróquias e áreas pastorais da Diocese e de outras. Conduzidos por Dom Aldemiro Sena, Bispo Diocesano, participaram da romaria o clero, os religiosos/as, os leigos/as e os devotos de Padre Ibiapina.

Participaram da II Romaria Diocesana da Família todas paróquias e áreas pastorais que constituem a Diocese de Guarabira, as quais foram acolhidas na Matriz de Nossa Senhora da Piedade, Arara – PB. De lá, dirigiram-se ao Santuário do Padre Ibiapina, numa caminhada de fé, oração, entoando cânticos em louvor ao Senhor. No decorrer deste encontro de espiritualidade, aconteceram apresentações dos músicos católicos Celione David e Zé Vicente, que animaram os fieis. Este grande evento foi concluído com a celebração da Santa Missa, presidida por Dom Aldemiro Sena e concelebrada por todos os padres da diocese.     Nesta oportunidade, todo o clero e os fieis devotos de Padre Ibiapina celebraram jubilosos a reabertura do processo de beatificação deste servo de Deus, apóstolo da Caridade.

Nas palavras do Santo Padre, o Papa Francisco, “quando nos preocupamos com as nossas famílias e as suas necessidades, quando entendemos os seus problemas e esperanças, (…) quando se apoia a família, os esforços repercutem-se não só em benefício da Igreja; ajudam também a sociedade inteira”. Por isso, é imprescindível voltar o olhar à família e ao papel que desempenha na fé e no meio social. Tendo em vista a exortação papal, a Diocese de Guarabira, enxergando que a família é, portanto, “sal da terra e luz do mundo”, inspirou-se neste tema para a realização da romaria.

Muitas famílias são constantemente ameaçadas pela violência, vícios, ideologias, divisão. Portanto, grandes são as dificuldades que a família encontra no mundo contemporâneo. É necessário acolhê-la, valorizá-la e reconhecê-la como berço da fé, como ambiente onde abunda o amor mútuo. Nela são gerados cristãos fiéis. O elo profundo e íntimo entre Jesus, Maria e José, é um exemplo de união e amor para todas as famílias. Daí a importância de conceder-lhe espaço na Igreja e a Romaria da Família da Diocese de Guarabira é uma contribuição significante no ensejo de alcançar estes objetivos.

COMPARTILHAR