REZANDO PELAS VOCAÇÕES

 Motivação

Vamos celebrar os Círculos Bíblicos em família, rezando pelas vocações… Acolhendo essa oportunidade que o Senhor nos oferece. Use a criatividade: prepare um altar em um lugar na sua casa, coloque em destaque a Bíblia, uma vela acesa para simbolizar a luz de Deus.  Partilhe a experiência com outras pessoas, grupos e comunidades.

1º CÍRCULO BÍBLICO – Gênesis 2,4b-25

O CHAMADO À VIDA

“Antes mesmo de te formar no ventre materno, Eu te escolhi; antes que viesses ao mundo,

Eu te separei e te designei para a missão de profeta para as nações” (Jeremias 1,5).

 

Refrão orante

Onde reina o amor, fraterno amor.  Onde reina o amor, Deus aí está! 

  1. Invocação à Santíssima Trindade: Em nome do Pai… 
  1. Oração inicial

Senhor, nós te agradecemos por este momento celebrativo. Abrimos nossas portas e janelas para que tu possas  entrar com tua luz. Espírito Santo, tu que vieste do Pai, e que permaneceste conosco, em Jesus, tu que habitas, pela fé, nos nossos corações, abre-nos à Palavra! Seja a nossa inteligência e a nossa vontade, terreno bom, onde tu possas trabalhar com liberdade, de modo que a nossa vida seja sinal eloquente da tua caridade. Amém.

Canto:Antes que te formasses dentro do ventre de tua mãe. Antes que tu nascesses, te conheci e te consagrei.Para ser Meu profeta dentre as nações eu ti escolhi.Irás onde te envio e o que Eu mando proclamarás.

Tenho de gritar, tenho de arriscar, ai de mim se não o faço! Como escapar de Ti? Como não falar, se Tua voz me queima dentro? Tenho de andar, tenho de lutar, ai de mim se não o faço! Como escapar de Ti? Como não falar? Se Tua voz arde em meu peito.  

  1. Chave de Leitura 

Dirigente: O chamado à vida é a primeira e fundamental vocação que recebemos de Deus. A existência de cada um de nós é fruto do amor criador do Pai e de sua palavra geradora, que é apelo, chamando-nos para a vida e nos oferece todas as condições para vivermos com dignidade. 

  1. Ouvindo Palavra
  2. a) Leitura Bíblica: Gênesis 2,4b-25
  3. b) Momento de silêncio: Interiorização da leitura.

Dirigente: Em silêncio, vamos retomar o texto e identificar o cenário, símbolos, lugar; destaque as frases que mais chamaram sua atenção.

Para refletir

Dirigente: Desde o ventre materno, somos chamados por Deus. O dom da vida é um presente que recebemos e do qual nos tornamos responsáveis. Dizer sim à vida e dela cuidar é responder ao primeiro chamado que Deus nos faz.

  1. a) Como respondo minha vocação à vida?
  2. b) Quando promovo e defendo a vida, como lugar privilegiado de resposta ao chamado de Deus?”
  1. Orando pela vida – O que o texto me leva a dizer a Deus?

Dirigente: Vamos expressar em forma de preces as intenções e os sentimentos que neste momento estão no nosso coração.Após cada pedido, vamos responder: 

Todos: Senhor, escutai a nossa prece 

Pai-nosso…

Ave-Maria… 

  1. Bênção Bíblica: Invoquemos, com confiança, a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm. 6, 24-27). 

 

2º CÍRCULO BÍBLICO – Lucas 2,41-52 

A VOCAÇÃO NA FAMÍLIA

A família é o lugar mais importante para transmitir a fé” (Papa Francisco)

Refrão orante

Onde reina o amor, fraterno amor.  Onde reina o amor, Deus aí está! 

  1. Invocação à Santíssima Trindade: Em nome do Pai… 
  1. Oração inicial

Senhor, nós te agradecemos por este momento celebrativo. Abrimos nossas portas e janelas para que tu possas  entrar com tua luz. Espírito Santo, tu que vieste do Pai, e que permaneceste conosco, em Jesus, tu que habitas, pela fé, nos nossos corações, abre-nos à Palavra! Seja a nossa inteligência e a nossa vontade, terreno bom, onde tu possas trabalhar com liberdade, de modo que a nossa vida seja sinal eloquente da tua caridade. Amém. 

Canto: Um lar onde os pais ainda se amam e os filhos ainda vivem como irmãos e, venha quem vier, encontra abrigo e todos têm direito ao mesmo pão.

Onde todos são por um e um por todos, onde a paz criou raízes e floriu, um lar assim feliz seja o sonho das famílias do Brasil!

  1. Chave de leitura

Dirigente: A Vocação à vida matrimonial é a vocação do amor que se realiza na relação entre o homem e a mulher. No amor de Deus, o casal é chamado a edificar o amor conjugal, para formarem uma família. Constituem, assim, uma íntima comunidade de vida, para realizarem a missão da maternidade e da paternidade, onde o lar se torna uma pequena Igreja, na qual se vive, partilha e transmite os valores humanos e cristãos. A família é o berço de todas as vocações.

  1. Ouvindo a Palavra
  2. a) Leitura Bíblica: Lucas 2,41-52
  3. b) Momento de silêncio: Interiorização da leitura.

Dirigente: Em silêncio, vamos retomar o texto e identificar pessoas, falas, reações, símbolos, lugar; destaque as frases que mais chamaram sua atenção.

Para refletir

  1. O que podemos dizer sobre o texto que acabamos de ler?
  2. Como fazer para que amor preencha a vida da família?
  3. Que papel tem a família na educação dos filhos?
  4. O que fazer para vencer os conflitos familiares? 
  1. Orando pelas famílias – O que o texto me leva a dizer a Deus?

Dirigente: Vamos expressar em forma de preces as intenções e os sentimentos que neste momento estão no nosso coração.Após cada pedido, vamos responder cantando: 

Todos: Iluminai, iluminai nossos pais nossos filhos e filhas. Iluminai, iluminai cada passo das nossas famílias. 

Pai-nosso…

Ave-Maria… 

  1. Bênção Bíblica: Invoquemos, com confiança, a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm. 6, 24-27). 

 

3º CÍRCULO BÍBLICO -1 Samuel 3,1-19 

VOCAÇÃO À VIDA CONSAGRADA

“Nenhuma vocação nasce por si, nem vive para si. A vocação brota do coração de Deus e germina na terra boa do povo fiel, na experiência do amor fraterno” (Papa Francisco)

 Refrão orante

Onde reina o amor, fraterno amor.  Onde reina o amor, Deus aí está! 

  1. Invocação à Santíssima Trindade: Em nome do Pai… 
  1. Oração inicial

Senhor, nós te agradecemos por este momento celebrativo. Abrimos nossas portas e janelas, para que tu possas  entrar com tua luz. Espírito Santo, tu que vieste do Pai, e que permaneceste conosco, em Jesus, tu que habitas, pela fé, nos nossos corações, abre-nos à Palavra! Seja a nossa inteligência e a nossa vontade, terreno bom, onde tu possas trabalhar com liberdade, de modo que a nossa vida seja sinal eloquente da tua caridade. Amém. 

Canto:Um dia escutei teu chamado, divino recado batendo no coração. Deixei deste mundo as promessas e fui bem depressa no rumo da tua mão.

Tu és a razão da jornada, tu és minha estrada, meu guia e meu fim! No grito que vem do teu povo, te escuto de novo chamando por mim.

– Os anos passaram ligeiro, me fiz um obreiro do Reino de paz e amor. Nos mares do mundo navego e às redes me entrego, tornei-me teu pescador.

– Embora tão fraco e pequeno, caminho sereno com a força que vem de ti. A cada momento que passa, revivo esta graça de ser teu sinal aqui.

  1. Chave de leitura

Dirigente: Avida religiosa consagrada é uma vocação para homens e mulheres que se sentem chamados por Deus para viver a radicalidade de seu Batismo, dedicando toda a sua vida, seu tempo, suas forças e capacidades para o serviço aos irmãos, diante das mais variadas necessidades do ser humano, hoje. Vivendo em comunidade, têm como primeira regra a vivência do Evangelho, testemunhando o amor fraterno. Propõem-se a seguir Jesus Cristo, assumindo seu modo de viver casto, pobre e obediente, assumindo com liberdade este estilo de vida, para, assim, estarem disponíveis a realizar uma missão na Igreja e na sociedade atual, segundo um carisma específico.

  1. Ouvindo a Palavra
  2. a) Leitura Bíblica: 1 Samuel 3,1-19
  3. b) Momento de silêncio: Interiorização da leitura.

Dirigente: Em silêncio, vamos retomar o texto e identificar pessoas, falas, reações, símbolos, lugar; destaque as frases que mais chamaram sua atenção.

Para refletir

  1. Quem são os personagens? Quem é Eli e quem é Samuel?
  2. Onde estão?  O que estão fazendo?
  1. Onde estava Samuel? Quem chamou Samuel? De quem ele ouviu a voz?
  2. Qual a reação de Eli diante do menino?
  3. Qual a reação de Samuel diante do chamado?
  4. Em que momento Eli percebe que é o Senhor que está chamando?
  5. Qual a atitude de Samuel diante de Eli?

Dirigente: É hora de confrontar o texto com a vida, atualizá-lo, procurando compreender o que Deus quer me dizer por meio dele, hoje.

  1. Que atitude o texto me sugere, me revela, me chama mais a atenção?
  2. Que aspecto de minha vida precisa ser mudado?
  3. Em que essa Palavra de Deus me ajuda a crescer?
  4. Já me senti chamado? Como estou respondendo à minha vocação?
  5. Muitas pessoas admiram a vida consagrada. Quer fazer parte dela? Venha fazer parte desse projeto de vida.
  6. Orando pela vida consagrada – O que o texto me leva a dizer a Deus?

Dirigente: Vamos expressar em forma de preces as intenções e os sentimentos que neste momento estão no nosso coração.Após cada pedido, vamos responder: 

Todos: Senhor, escutai a nossa prece 

Pai-nosso…

Ave-Maria… 

  1. Bênção Bíblica: Invoquemos com confiança a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm. 6, 24-27).

 

4º CÍRCULO BÍBLICO –João 21, 15-19 

MINISTÉRIO ORDENADO

“Dou graças ao meu Deus, cada vez que me lembro de vós nas minhas orações” (Filipenses 1,3)

Refrão orante

Onde reina o amor, fraterno amor.  Onde reina o amor, Deus aí está! 

  1. Invocação à Santíssima Trindade: Em nome do Pai… 
  1. Oração inicial

Senhor, nós te agradecemos por este momento celebrativo. Abrimos nossas portas e janelas para que tu possas  entrar com tua luz. Espírito Santo, tu que vieste do Pai, e que permaneceste conosco, em Jesus, tu que habitas, pela fé, nos nossos corações, abre-nos à Palavra! Seja a nossa inteligência e a nossa vontade, terreno bom, onde tu possas trabalhar com liberdade, de modo que a nossa vida seja sinal eloquente da tua caridade. Amém. 

Canto:Vem, eu mostrarei que o meu caminho te leva ao Pai,/ guiarei os passos teus e junto a Ti hei de seguir,/ Sim, eu irei e saberei como chegar ao fim;/ de onde vim pra onde vou,/ por onde irás, irei também.

– Vem, eu te direi o que ainda estás a procurar: a verdade é como sol e invadirá teu coração. Sim, eu irei e aprenderei minha razão de ser. Eu creio em ti, que crês em mim e à tua luz verei a luz.

– Vem, eu te farei da minha vida participar, viverás em mim aqui, viverem mim é o bem maior, Sim, eu irei e viverei a vida inteira assim, eternidade é na verdade o amor vivendo sempre em nós.

– Vem, que a terra espera quem possa e queira realizar, com o amor, a construção de um mundo novo muito melhor, sim, eu irei e levarei teu nome aos meus irmãos, iremos nós e o teu amor vai construir enfim a paz.

  1. Chave de leitura

Dirigente: Entre os cristãos, há os que são chamados para servirem a Igreja e o povo de Deus, como ministros ordenados. São os diáconos, os presbíteros e os bispos, homens vocacionados a viver a missão do bom Pastor, que cuida do rebanho de Deus.

Leitor1. Para exercer este ministério, é necessário ser chamado por Deus e aceito pela Igreja. Trata-se de uma especial vocação a ser discernida e cultivada carinhosamente. A vocação ao sacerdócio é um dos sacramentos da Igreja.

Leitor 2. Os sacerdotes diocesanos também são chamados de seculares. Eles estão diretamente ligados a uma Diocese e prestam obediência ao Bispo. E existem os sacerdotes religiosos que pertencem a uma Ordem, Congregação ou Instituto. Vivem em comunidades, inspirando-se no Carisma do Fundador.

  1. Ouvindo a Palavra
  2. a) Leitura Bíblica: João 21, 15-19
  3. b) Momento de silêncio: Interiorização da leitura?

Dirigente: Em silêncio, vamos retomar o texto: O que a Palavra diz? O que a Palavra diz para mim? O que a Palavra me leva a dizer a Deus?

Para refletir

Qual é a missão do ministro ordenado? A propósito da vocação e da missão, afirma-se: “A missão é a concretização histórica desse chamado. Enquanto tal, ela deriva da vocação. Devido a sua relação com a história, a missão nem sempre é permanente. Pode acontecer que, mudando a realidade, mudando a história, deva-se também mudar a missão ou, pelo menos, sua metodologia. O chamamento, por sua vez, dura para sempre. Nunca muda. É sempre o mesmo ‘porque são irrevogáveis os dons e a vocação de Deus’ (Rm 11, 29)”. Em síntese, a vocação é “necessariamente eclesial, destinada ao serviço, ao bem da comunidade”. 

  1. Orando pelos ministros ordenados

Dirigente: Vamos expressar em forma de preces as intenções e os sentimentos que neste momento estão no nosso coração.Após cada pedido, vamos responder: 

Todos: Senhor, escutai a nossa prece 

Pai-nosso…

Ave-Maria… 

  1. Bênção Bíblica: Invoquemos com confiança a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm. 6, 24-27). 

 

5º CÍRCULO BÍBLICO –: Mateus 5,13-16

 A VOCAÇÃO LAICAL

“Rezemos pelos leigos, leigas” 

Refrão orante

Onde reina o amor, fraterno amor.  Onde reina o amor, Deus aí está! 

  1. Invocação à Santíssima Trindade: Em nome do Pai… 
  1. Oração inicial

Senhor, nós te agradecemos por este momento celebrativo. Abrimos nossas portas e janelas para que tu possas  entrar com tua luz. Espírito Santo, tu que vieste do Pai, e que permaneceste conosco, em Jesus, tu que habitas, pela fé, nos nossos corações, abre-nos à Palavra! Seja a nossa inteligência e a nossa vontade, terreno bom, onde tu possas trabalhar com liberdade, de modo que a nossa vida seja sinal eloquente da tua caridade. Amém. 

Canto:Vós sois o sal da terra, vós sois a luz do mundo, Levai aos povos todos o amor, meu dom fecundo! Teu Reino, ó Jesus Cristo, queremos propagar, Seguindo o teu exemplo, o mundo transformar! 

– Sendo membros do teu corpo, que é a Igreja, Cristãos leigos e leigas construímos nova história!

– Instruídos por tua santa Palavra, chamados e enviados para cumprir a missão!

– Alimentados por teu corpo e sangue, assumimos, com coragem, a nossa vocação!

– “Chamados, antes de tudo, à santidade, interpelados a viver a santidade no mundo!”

– “Sal da terra, luz do mundo, fermento na massa”, não deixamos de ser “ramos na Videira”!

– “Na família, no trabalho, na política, em todos os âmbitos de atividade humana!”

– “Verdadeiros sujeitos eclesiais, aptos a atuar na Igreja e na sociedade!”

  1. Chave de leitura

Dirigente: Os leigos são todos os cristãos, exceto os membros das Sagradas Ordens ou do estado religioso reconhecido na Igreja, isto é, os que foram incorporados a Cristo pelo Batismo, que formam o Povo de Deus, e que participam da função sacerdotal, profética e régia de Cristo.

Leitor 1. Como batizados, os leigos também são chamados à santidade. Esta vocação é para todos. Não se faz necessário “fugir do mundo” para buscar a santidade. O cotidiano da vida familiar, profissional e social são os lugares ordinários para viver “o perfume de Cristo” e o “fermento do Reino”. “Eles se santificam nos altares de seu trabalho” (CNBB, Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade, n. 35).

Leitor 2.  Os leigos sempre foram a vocação mais abrangente e evangelizadora da Igreja. Mesmo onde os sacerdotes e religiosos não podiam atender adequadamente, lá um exército de batizados e batizadas mantêm a fé com a devoção popular e um profundo sentido de temor a Deus, como atesta a história da evangelização de mundo afora.

  1. Ouvindo a Palavra
  2. a) Leitura Bíblica: Mateus 5,13-16
  3. b) Momento de silêncio: Interiorização da leitura?

Dirigente: Em silêncio, vamos retomar o texto: O que a Palavra diz? O que a Palavra diz para mim? O que a Palavra me leva a dizer a Deus?

Para refletir

  1. Como está a formação para os cristão leigos, nas comunidades, paróquias…? Estão preparados para a evangelização?
  2. Existem catequistas, animadores, suficientes para a missão?
  3. O que estamos fazendo para despertar novas vocações laicais?
  1. Orando pela vocação laical

Dirigente: Vamos expressar em forma de preces as intenções e os sentimentos que neste momento estão no nosso coração.Após cada pedido, vamos responder: 

Todos: – Senhor, nos ensina a ser sal da terra e luz do mundo. 

Pai-nosso…

Ave-Maria… 

  1. Bênção Bíblica: Invoquemos, com confiança, a bênção do Senhor: O Senhor nos abençoe e nos guarde! O Senhor nos mostre o seu rosto brilhante e tenha piedade de nós! O Senhor nos mostre o seu rosto e nos conceda a paz! (Nm. 6, 24-27).

 

ORAÇÃO VOCACIONAL

Senhor da messe e pastor do rebanho, faze ressoar em nossos ouvidos teu suave convite:

Vem e segue-me! Derrama sobre nós o teu Espírito. Que Ele nos dê sabedoria, para ver o caminho, e generosidade, para seguir tua voz. Senhor, que a messe não se perca por falta de operários. Desperta nossas comunidades para a missão. Ensina nossa vida a ser serviço.

Fortalece os que querem dedicar-se ao Reino, na vida consagrada religiosa.

Senhor, que o rebanho não pereça, por falta de pastores. Sustenta a fidelidade de nossos Bispos, Padres e ministros. Dá perseverança aos nossos seminaristas Desperta o coração dos nossos jovens para o ministério pastoral na tua Igreja. Senhor da messe e pastor do rebanho, chama-nos para o serviço do teu povo.

Maria, Mãe da Igreja, modelo dos servidores do Evangelho, ajuda-nos a responder SIM.

Amém!