“Na manhã do último domingo (04/10) nosso bispo diocesano Dom Aldemiro abençoou o novo báculo pastoral que será utilizado pelos bispos da nossa Igreja particular. Durante a benção, o prelado rezou pedindo que o báculo ‘seja verdadeiro sinal do seu pastoreio e ajude a aumentar a unidade dos pastores com o rebanho’.

Adquirido com recursos do dízimo dos fiéis da paróquia de Nossa Senhora da Luz (Catedral), o novo báculo foi doado às vésperas da celebração dos 40 anos da Bula Cum Exoptaret, com a qual o Santo Papa João Paulo II erigiu canonicamente a nossa Diocese e elevou a chamada matriz de Guarabira à dignidade de Catedral Diocesana.

Juntamente com o anel, a mitra e a cruz peitoral, o báculo ou cajado pastoral é uma insígnia utilizada pelos bispos para evidenciar sua missão de pastorear o rebanho. Feito de madeira ou metal, ele recorda também a tutela de um bispo sobre seu povo e remete ao cajado de líderes como Davi, Moisés e Elias que conduziam o povo de Deus no Antigo Testamento. Além de conduzir seu povo com solicitude, através deste cajado pastoral os bispos também são exortados a proteger seu rebanho dos perigos. Falando em uma Ordenação Episcopal na África, aos 04 de maio de 1980, São João Paulo II afirmou: ‘Vocês bispos carregam na mão, o báculo do pastor. Lembrai-vos que vossa autoridade, segundo Jesus, é aquela do bom pastor, que conhece suas ovelhas e está muito atento a cada uma delas; é aquela do Pai que se impõe por seu espírito de amor e de desapego; é aquela do administrador, pronto para prestar contas a seu mestre; é aquela do ‘ministro’, que está em meio aos seus ‘como aquele que serve’ e que está pronto para dar a sua vida’”.

 

Por Pascom Catedral da Luz.